Tamanho da Fonte
  • P
  • M
  • G

HomeRevista Hoss


EDIÇÃO MARÇO 2014

Destaques

Família unida de obra em obra


Muitos trabalhadores da construção civil reclamam das dificuldades que encontram para conciliar o emprego e a convivência com a família. Muitas vezes com certa razão, afinal não é fácil essa vida meio “cigana” de mudar de obra em obra. Mas isso não é empecilho para o mestre de obras José Evangelista Leite, que sempre arruma uma forma de levar a família para onde é designado a trabalhar. Em cada nova cidade, busca uma casa para alugar e procura escola para a filha, Ana Caroline. A esposa Rejane, sempre companheira, desenvolve trabalhos de artesanato para complementar a renda no lar.

Paraibano de uma pequena cidade interiorana, José Evangelista veio para São Paulo aos 21 anos em busca de melhores oportunidades de trabalho. O começo foi um pouco difícil, mas logo conseguiu um emprego na construtora como ajudante e foi conquistando novas posições, passando pelos cargos de carpinteiro e encarregado até se tornar mestre de obras, há cerca de cinco anos. Gosta muito de seu trabalho e conta que aprende muito a cada nova obra. São desafios que o motivam a melhorar sempre, atuando com a responsabilidade, a cordialidade e a ponderação que são exigidas pelo seu cargo. Dos projetos que participou, destaca o do templo mórmon em Sorocaba como o de maior exigência e o da Toyota em Artur Nogueira como o de melhor resultado final e satisfação. A família é bastante caseira, mas nas horas de lazer gosta de fazer pequenos passeios para se divertir brincando e mantendo um saudável contato com a natureza.

Valorizando a segurança e o bem-estar


Ver as pessoas se sentindo bem faz com que ele se sinta bem. E foi este um dos motivos que levou o Adilson Candido a largar a carreira que vinha desenvolvendo como bancário para começar uma nova experiência profissional: a de técnico de segurança do trabalho. A ideia surgiu ao participar de um curso de supervisor de segurança. Gostou tanto que decidiu investir em uma formação mais ampla e fez um curso técnico na cidade onde mora desde os 12 anos, Jacareí. O primeiro emprego foi em uma indústria têxtil, onde conheceu a esposa Maria Gorette, com quem está casado há 12 anos e formou a linda família que se completa com as filhas Anna Clara e Maria Fernanda. “Tenho orgulho do que faço e é sempre um prazer explicar o meu trabalho para as pessoas. Adoro falar sobre isso com minhas filhas”, conta Adilson. A rotina corrida faz com que sobre pouco tempo para o lazer e para ficar com a família e por isso valoriza cada minuto com sabedoria e qualidade. Gosta de passear, ler um bom livro e frequenta aos domingos uma paróquia em sua cidade.

Na HOSS há quase dez anos, sente que nas obras encontrou um desafio maior e mais motivante que na fábrica, pois a construção civil tem características que exigem mais rapidez, empenho e dedicação de sua função, devido a fatores como os maiores riscos e a grande rotatividade de trabalhadores. Destaca as experiências nos projetos da Embraer, que foi o primeiro e trouxe muitas mudanças e aprendizado, e o da Denso, que considera o mais grandioso que já participou. “Sou muito grato à HOSS, uma empresa que me acolheu e tem me ajudado a manter a minha família e a desenvolver a profissão que escolhi de forma agradável”, conclui.