Tamanho da Fonte
  • P
  • M
  • G

HomeRevista Hoss


EDIÇÃO JANEIRO 2013

Obras

Pedra fundamental na Vuteq

O início das obras da sede da Vuteq Corporation no Brasil foi marcado por uma bela cerimônia realizada no dia 13 de dezembro na cidade de Itu (SP), onde a fábrica será instalada. No local funcionará a linha de produção (materiais de vedação para vidros automotivos) e os escritórios da empresa. O lançamento seguiu a tradição japonesa da cerimônia kuwaire shiki, em que é feita a primeira movimentação de terra da obra (com instrumentos especiais na cor dourada) e o pedido de coisas positivas em sua execução. O ato simbólico foi realizado pelo presidente da Construtora HOSS, Wagner Suzuki, como objetivo de trazer proteção para os trabalhadores e prosperidade para a empresa e para a cidade.

Para eternizar o momento, a cerimônia seguiu com o chumbamento da cápsula do tempo por Toshiki Shinagawa (líder do projeto no Brasil), o assentamento de tijolos por Daisuke Suzuki (contador do projeto) e o discurso de término no mês de abril de 2013. “Investimos em segurança do trabalho e na preservação do meio ambiente, tanto documentalmente quanto na execução do projeto, proporcionando uma interessante troca de experiências e conhecimentos para nós da construtora e para a Toyota”, avalia o engenheiro Roberto Hideo Nishikado, coordenador de obras da HOSS.

Taro Fukuda (presidente da Vuteq). Segundo o engenheiro responsável pela obra, Carlos Toshihiro Hirai, o grande diferencial será o emprego de pilares e vigas pré-moldados produzidos pela própria HOSS, que trarão diversos benefícios técnicos e econômicos. A previsão de execução do projeto é de nove meses.



Festa da Cumeeira na TMHM


A sede central da Igreja Messiânica Mundial em São Paulo no bairro da Vila Mariana está ainda mais moderna e bela. É que após onze meses de trabalho, a HOSS finalizou a segunda etapa da reforma do prédio, com a conclusão das obras do 1° ao 4° andar. Em 2015 o imóvel já havia passado por uma ampla reforma, com a modernização das áreas do 5º ao 7º andar e da cobertura. “Levamos em conta a experiência da primeira etapa deste projeto, que havia trazido grande aprendizado para toda a equipe”, revela Jéssica Yamashita, engenheira responsável pela obra. “Quando se conhece o campo de trabalho e se sabe quais os objetivos e resultados esperados, a equipe consegue manter a união e atuar sem conflitos”, acrescenta.

Ela destaca a estratégia para manter a sincronia da equipe, marcada por um eficiente trabalho de comunicação, com a organização de atividades, dinâmicas de grupo, gincanas e brincadeiras. “Trabalhando focados no pensamento do bem de todos, conseguimos fazer com que a obra fluísse de forma harmônica. A experiência e a dedicação de nossa coordenadora, a engenheira Maristela Yuri Haraguchi, também foram fatores fundamentais para esse sucesso. Além disso, a igreja nos ajudou a trabalhar mentalmente e espiritualmente a equipe, com muito apoio e envolvimento”, conclui.

Equipe técnica: Yukio Kotake (diretor técnico), Yuri Haraguchi (coordenadora), Jéssica Yamashita (engenharia), Fabiane Ito e Ida Nonaka (arquitetura - IMMB), Alonso de Oliveira (encarregado), José Alan Barros dos Santos (administrativo) e Antônio Donizete da Rosa (técnico de Segurança).